Páginas

Você Conhece a Semente de Chia?

Há algum tempo atrás, vi várias matérias na internet sobre e Chia.
Vim falar hoje dessa sementinha que é um superalimento e está cada vez mais ganhando espaço na alimentação dos brasileiros.

Imagem: Internet

O grão de chia é originário do México e da Colômbia e há alguns séculos, nossos ancestrais já consumiam essa sementinha do bem.
A chia é considerada um superalimento pelo seu alto valor nutricional e assim que chegou ao Brasil, entrou na alimentação das pessoas que estão preocupadas com a saúde, boa forma física e perda de peso.
Olha só quanta coisa boa possui nessas sementinhas:
Proteínas, fibras dietéticas, ácidos graxos (ômega 3 e 6), vitaminas do complexo B (tiamina, riboflavina, niacina) e minerais (cálcio, fósforo, magnésio, zinco, potássio e cobre).
Além de tudo isso, a chia traz vários benefícios para quem a consome, vamos conferir quais são?

- Ação anti-inflamatória: Fornece ômega 3 (ácido linolênico) que combate a inflamação do organismo e aumenta os níveis plasmáticos de ácidos graxos ômega 3.
- Antioxidante: Combate os radicais livres que ocasionam o envelhecimento precoce e resultam no desenvolvimento de algumas doenças.
- Controla o diabetes: ajuda a melhorar a sensibilidade de hormônio de insulina graças ao alto teor de fibras, que torna mais lenta a absorção dos açucares pelo intestino, melhorando a glicemia pós refeição.
- Ajuda nas dietas de emagrecimento e manutenção do peso: a semente de chia possui fibras solúveis que formam um composto gelatinoso no estômago, isso torna a digestão mais lenta, prolongando a sensação de saciedade.
- Reduz risco de doenças cardiovasculares: Incluindo o grão de chia na alimentação, além de melhorar a sensibilidade à insulina, reduz a gordura visceral, diminuindo o risco de doenças cardiovasculares.
- Combate a constipação: pela alta quantidade de fibras, ajuda na boa saúde intestinal
- Controla a pressão arterial: O ômega 3 presente na semente tem efeito anti-hipertensivo
- Saúde cerebral: O ômega 3 também ajuda na saúde cerebral, já que ácidos graxos poli-insaturados são componentes da estrutura das células nervosas, melhorando também a memória, reduzindo a ansiedade e depressão.
- Melhora a resistência: Contém proteínas vegetais, ômega 3 e minerais que são perdidos pelo suor, ajudando no rendimento dos atletas, além da recuperação muscular pós treino.

Viram quantos benefícios?

Para incluir na alimentação, podemos consumir de quatro formas:

- Grãos: O consumo do grão preserva as propriedades nutricionais. Pode-se incluir em saladas, sopas, polvilhar em cereais, frutas, iogurtes e até sucos ou água.
- Óleo: Pode-se colocar em saladas ou sopas, mas o óleo perde um pouco do seu teor de fibras. Os ácidos graxos e o ômega 3 e 6 são preservados.
- Farinha: Pode-se consumir da mesma maneira que o grão. É o produto final da moagem da chia.
- Gel: pode ser consumida na forma pura ou usálo no preparo de sopas, mingau, batido com sucos, receitas de bolo e até adicionar a massas. Para se conseguir o gel da chia, deixe uma colher (sopa) da semente em molho em 60 ml de água durante 30 minutos. O ideal é consumi-lo na hora, não sendo recomendado guardar o gel para consumir depois.

Onde encontrar: Supermercados, lojas de produtos naturais e lojas online.

Eu consumo a semente de chia e posso dizer que realmente é muito boa, virei fã! Gosto de consumir a semente no iogurte, coloco uma colher em um potinho. Mas fiquem atentas, não é bom exagerar na chia, o recomendado é até duas colheres por dia!

Gostaram da dica de hoje? Espero que sim!

Super beijo!

Nenhum comentário

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...